Pesquisar Argumentações No "Ad Argumentandum Tantum"

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

JESUS, PÃO DA VIDA



Jesus suportou o castigo da cruz por você. Ele apanhou com extrema violência, levou chicotadas com um chicote que possuía nas pontas ossos e metal; cada chicotada abria um sulco em suas costas. Cuspiram em seu rosto, blasfemaram Dele. Teve uma coroa de espinhos na cabeça. Teve que carregar uma cruz pesada - o instrumento da Sua morte - após ter sofrido horrores, sem nenhuma condição física. Foi crucificado com pregos em seus artelhos e pulsos, entre dois ladrões. Ele morreu por você.

Veja o que foi profetizado a respeito de Jesus, pelo profeta Isaías:

Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos.
Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.
Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.
Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido.
E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca.

Ele morreu, por causa dos meus e dos seus pecados. Nós merecíamos a cruz, nós somos os culpados pelos nossos próprios pecados; mas Ele nada fez. Nós escolhemos o nosso próprio caminho, de rebelião e de uma vida de pecados. Sua morte mostra aquilo que tanto buscamos ignorar - que todos nós, independentemente de religião, de filosofia, de código moral, de bom mocismo, de boas obras de avanços científicos e intelectuais, somos pecadores. E como tal, precisamos de alguém que nos salve de nossos pecados.

Ele morreu, não porque o diabo ou Pôncio Pilatos o tenha matado. Ele poderia, se quisesse, chamar mais de dez mil dos anjos para livrá-lo do sofrer. Não, Ele não foi morto por alguém. Ele morreu porque quis morrer, porque sabia que esta era a única forma de nós podermos, hoje, ter acesso ao perdão de nossos pecados e a vida eterna. Ele morreu e ressuscitou, sim, Ele está vivo! A poderosa morte mostrou-se mera serva Daquele que é Senhor de Tudo e de Todos - até da morte Ele Senhor; até a morte tem que se curvar diante do Senhor da Vida! 

Hoje, Ele está a destra do Pai, intercedendo por nós, como o Amém, o Sumo Sacerdote da nossa confissão. Ele, que disse um dia "está consumado", aguarda o momento em que o Pai dirá "é chegada a hora, Meu Filho Amado", para então descer do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, que recebemos a Jesus como Senhor e Salvador, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

E você, querido leitor? Qual é a sua relação com Cristo? Você precisa entregar a Sua vida à Ele enquanto é possível. Não confie em religiões, filosofias e coisas do tipo. Veja a Bíblia, ela é a Palavra de Deus, ela nos mostra o que fazer:

Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, a saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. (Romanos 10:8-10)

O próprio Senhor disse:

Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. (João 14:6)

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. (João 3:16, 18)

Receba o Senhor hoje mesmo em seu coração. Confesse os seus pecados, aí onde está. Quero propor-lhe a seguinte oração:

Senhor Jesus, reconheço que sou pecador, reconheço que não há nenhuma justiça em minha vida. Reconheço que estou longe de Ti. Eu venho confessar os meus pecados [diga quais são, daqueles que você se lembrar], por favor perdoe-me por ele. Eu estou arrependido. Sei que o Senhor morreu por meus pecados. Eu te recebo, hoje, como meu único e suficiente Salvador e Senhor. Peço-lhe que o Senhor entre na vida, no meu coração. Eu me entrego ccompletamente ao Senhor. Em nome de Jesus, amém!

Se você fez esta oração, crendo verdadeiramente em cada palavra, você está salvo. Agora, lhe aconselho a procurar uma igreja evangélica perto da sua casa, onde existam pessoas que amem a Deus e que estudem a Bíblia com seriedade, para que eles possam ensinar-lhe como viver para Cristo. Se precisar, me escreva.

Deus lhe abençoe, em nome de Jesus!

2 comentários:

  1. Graça e paz, sempre!

    Passei por aqui para conhecer seu blog.
    Estou procurando bons blogs para compartilhar.

    Já estou te seguindo.

    Ficaria muito feliz se puder me visitar.
    Se quiser me seguir também será um prazer para mim.

    Abraço em Cristo,

    Sandro
    http://oreinoemnos.blogspot.com/
    Te espero lá.

    ResponderExcluir
  2. O que dizer à vista dessas coisas?A não ser que apesar de tudo aquilo de mau que tenhamos feito,Ele prova o Seu Amor para conosco,ao Se entregar para morrer em nosso lugar.Não há maior Amor que este,dar a vida por aqueles que nada fizeram para merecê-la.Ele não tinha porque morrer,pois não cometeu pecado algum.E nós não tínhamos porque viver,visto que todos pecamos e nos desviamos.Somos rebeldes por natureza.Nossas bondadezinhas,nossa justiça é só trapo sujo,trapo de imundície.Ele seria justo se nos deixasse morrer,mas Sua graça é incomparável.A Ele toda a Glória.A Ele todo o louvor,a Ele toda a Honra,a Ele todas as ações de graça.Ele é digno de ser Exaltado!

    ResponderExcluir

(1) Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se. Outra coisa: não publicarei nenhuma crítica dirigida a pessoas; analise a postagem e então emita seu parecer, refutando-a com a apresentação de referências, se assim for o caso (2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão nem termos de baixo calão! (3) Responderei as críticas na medida do possível e segundo o meu interesse pessoal (4) Não serão aceitos, em hipótese alguma: mensagens com links que dirigem e façam propaganda a sites católicos, espíritas, ateus, ortodoxos gregos, judaizantes, adeptos de teologia da prosperidade, religiões orientais, liberais, nem nenhum outro que negue Jesus Cristo como Senhor, Deus, único e suficiente Salvador. Estende-se essa proibição a mensagens que propaguem essas idéias/crenças e que queiram debater e provocar discussões.