Pesquisar Argumentações No "Ad Argumentandum Tantum"

sábado, 10 de julho de 2010

ASSEMBLÉIA DE DEUS DOS ÚLTIMOS DIAS: DOUTRINAS ANTIBÍBLICAS

Devido a explosão de criação de movimentos religiosos e comunidades de fé, que têm surgido nos últimos anos, além de uma imensa quantidade de ensinos e doutrinas religiosas, cada vez mais divulgadas pelos meios de comunicação, surge a seguinte pergunta: Todos esses caminhos levam a Deus? Estão todos certos? Claro que não! Deus não é Deus de confusão (I Co 14.33), e como prova disso deu a humanidade um livro que é a sua Palavra, a Bíblia, onde o homem pode basear a sua fé naquilo que é real e eterno.

Os teólogos classificam todos esses movimentos religiosos que se afastam daquilo que a Bíblia ensina como seita. Assim, seita é o conjunto de pessoas que afastam-se da verdade e passam a seguir seus próprios impulsos e pensamentos, evidenciando claramente a redenção pelos seus próprios recursos e esforços, ou seja, é um grupo de pessoas que seguem uma ou mais heresias. Porque as pessoas seguem as seitas? Porque a seita satisfaz várias necessidades (Maslow): 

1) Necessidade de auto-realização
2) Necessidade de status e estima
3) Necessidades sociais (afeto)
4) Necessidades de segurança
5) Necessidades fisiológicas

As seitas, de forma geral, variam desde libertinas (onde não há princípios morais ou estes não são ortodoxos; tudo é permitido) até isolacionistas (onde tudo que o líder não aprova é proibido). As seitas isolacionistas primam pelo controle total da vida dos adeptos, envolvendo desde suas vestimentas, o que podem ou não comer, com quem podem ou não se relacionar e formas de relacionamento (quem nunca ouviu sobre o casal que se relacionava sexualmente a partir de um lençol furado) e confissão auricular.

Obviamente, ao isolar seus adeptos dos contatos com o mundo exterior à seita,  os líderes pretendem impedir que os mesmos tenham acesso a informações que poderiam colocar em dúvida a "inspiração divina" de seus ensinos, e assim sua "distinção espiritual". Se conhecimento é poder, imagine o conhecimento da Verdade?!? O conhecimento da Verdade liberta o homem dos grilhões da mentira colocados pelo diabo!

Pois bem, vejamos um exemplo típico de isolacionistas, a partir do seu próprio material divulgado na internet: A Assembléia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) (http://www.adud.com.br/doutrinas. Acesso em 09/07/2010, às 13h50min):

A) RESTRIÇÕES DE COMUNICAÇÃO: Não ter e nem assisitir TV, não ter o hábito de ler jornais e revistas. 

B) RESTRIÇÕES ALIMENTARES: carne de porco e derivados (salsicha, lingüiça, presunto, bacon, etc), gordura, alguns tipos de peixes e frutos do mar, etc. Até beber coca-cola é proibido (com base em lendas da internet)!

Comentário: Aqui, citam os textos bíblicos do Antigo Testamento (em especial, o Livro de Levítico) para justificar o ensino. Aliás, isso é comum em muitas seitas, como adventismo, testemunhas de jeová, e outras seitas modernas, como algumas comunidades judaizantes.
O problema é que "esquecem" de citar que o I Concílio da Igreja, realizado em Jerusalém sob a presidência de Tiago, conforme registrado no Livro de Atos cap. 15, determinou às exigências para a Igreja Gentílica. Observe os versículos 28 e 29:

Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós [os apóstolos, os anciãos e toda a Igreja, vv. 22], não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias: Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá.

Nós, crentes em Cristo, quer no Brasil, quer na África, quer na China somos crentes gentílicos; juntos, constituímos a Igreja Gentílica. Logo, a menos da lista de Atos 15, não há restrições alimentares ou de guarda de dias, luas novas, sábados, etc. como querem os crentes judaizantes. Aliás, cabe uma pergunta: o judaizante já foi circuncidado? Já praticou ou concorda em particar o levirato?  Se é para ser justificado com base no cumprimento da lei - algo que por si mesmo já está errado, conforme o Livro de Gálatas, que seja cumprida em sua totalidade!

Outra pergunta: Coca-cola não pode; pepsi pode? Sim, porque de forma geral ambos os refrigerantes têm a mesma composição básica: xarope (composto por extratos de plantas), cafeína, açúcar, água, gás carbônico (CO2) e um acidulante (geralmente, ácido fosfórico, H3PO4), mais alguns conservantes (benzoato de sódio, por exemplo).

A noz-de-cola (conforme o seu rótulo, de onde se extrai a substância para elaboração do refrigerante) é uma arvore nativa da África. Foi naturalizadas na América do Sul, América Central, Índias Ocidentais, Sirilanka e Malásia. Contém metilxantinas (cafeína e teobromina) que são usadas no tratamento da apnéia infantil pré-termo, doenças pulmonares obstrutivas crônicas e especialmente asma. Aliás, a teobromina (C7H8N4O2, 3,7-dimetilxantina o 3,7-dihidro-3,7-dimetil-1H-purina-2,6-diona) é a principal constituinte de uma das mais consumidas substâncias dos nossos dias, o chocolate, segundo o site
(http://www.unifran.br/2007/processoSeletivo/pesquisa/tcc/Marcelo_Erik_Lopes.pdf. Acesso 09/07/2010, às 15h20min).

Refrigerante faz mal? Em excesso, tudo faz mal. Por exemplo, o sal de cozinha é essencial para o organismo; em excesso causa hipertensão arterial. Por causa disso vamos criar uma lei religiosa-dietética sobre o sal? E o que dizer do café: será a bebida coisa do demônio? A comunidade médico-científica já considera a planta como funcional (previne doenças mantendo a saúde) ou mesmo nutracêutica (nutricional e farmacêutico). Isso porque o café não possui apenas cafeína, mas também potássio, zinco, ferro, magnésio e diversos outros minerais, embora em pequenas quantidades. O grão do café também possui aminoácidos, proteínas, lipídeos, além de açúcares e polissacarídeos.
(http://www.abic.com.br/sabor_cafe.html. Acesso 09/07/2010, às 15h40min)

C) RESTRIÇÃO COM CORES: Não usar roupas/objetos com as cores preta ou vermelha, porque seriam usadas para identificação satânica.
 
Comentário: Essa restrição revela uma extrema pobreza cultural do líder que a propôs. Primeiramente, as cores não são de propriedade de demônio algum. A cor vermelha consta, inclusive, no arco-íris (que segundo o Livro de Gênesis foi criado por Deus e é sinal de Sua aliança com o homem). Isaac Newton, um crente em Cristo, provou que a luz branca continha todos os comprimentos de onda e que quando esta incidia no prisma, havia então a decomposição desta nas cores do arco-íris.
 
A luz visível é composta por ondas eletromagnéticas de freqüência de 4,0x10^14 Hz até 7,5x10^14 Hz aproximadamente. A freqüência da onda de luz que chega aos nossos olhos nos indica qual é sua cor. Cada cor que enxergamos é caracterizada por uma freqüência determinada. O amarelo, por exemplo, é caracterizado por uma freqüência próxima de 5,1x10^14 Hz. As cores não são propriedades dos objetos! Como quem nos indica o que vemos é a luz, as características visuais dos objetos dependerão da forma como ela interage com eles.
 
Nossos olhos são formados por células receptoras de luz. Essas células são capazes de identificar três cores: vermelho, verde e azul. Todas as cores que vemos são interpretadas por essas células como combinações destas três cores. O interessante é notar que isso possibilita que possamos obter determinadas cores através da superposição de cores diferentes. Vejamos um exemplo simples: A cor amarela pode ser obtida através da combinação de duas cores, o vermelho e o verde. E muitas outras cores podem ser obtidas assim. Quando sobrepomos todas as cores, que é equivalente a dizer que sobrepomos as cores primárias, obtemos a cor branca. O branco, diferentemente da outras cores não tem uma faixa de freqüência característica. Essa cor só pode ser definida como a união de todas as cores. Com o preto ocorre o processo inverso, ele é definido como a ausência de cor.
 
D) RESTRIÇÕES COM ANIMAIS DOMÉSTICOS: Seja cachorro, gato, periquito, papagaio, peixes..., qualquer espécie ou tipo de bichinhos de estimação (pelúcia). Isto se dá aos animais serem seres irracionais, incapazes de se defenderem de ataques de espíritos malignos, trazendo males como enfermidades, dissensão, "improsperidades" e etc.
 
E) NÃO TER PLANTAS: Lembramos que as plantas também possuem vida (ai,ai...). Em salmos cap. 148 vers 9, diz que os outeiros e árvores frutíferas louvam ao Senhor. Por isso não podemos tê-las presas em vasos. Pois também há possibilidade dos espíritos maus se esconderem nas tais, como nos animais.
 
Comentários: Cada uma que me aparece... motivaria até Burt Ward exclamar: "santa ignorância, batman"! o pior é que muitos seguem esse tipo de ensino, estapafúrdio, sem nenhuma base bíblica, científica, ou mesmo lógica. Acho que andam vendo muito o filme dos "Ghostbusters" (às escondidas, é claro, já que Tv não pode...). Acho que vamos precisar de um "capetômetro", porque é provável que o cramunhão esteja escondido até no bife à cavalo do almoço!
 
Não há nenhuma base bíblica para esta afirmação. Toda a criação pertence ao Senhor, Dele é a Terra e toda a sua plenitude, os animais e todos os que nela habitam (Sl 24.1; 89.11). Ele, o Supremo Criador do Universo, criou no princípio os céus e a Terra e fez brotar as plantas e surgir toda a sorte de animais terrestres, marinhos e aves. Plantou um jardim e colocou o homem nele (Gn cap. 1). Com a criação animal e vegetal alimentou seus servos no passado, alimenta-os no presente e os alimentará no futuro. O vaso é apenas um local de cultivo; poderia ser num balde ou até numa caixa de leite tetrapack. Sobre os animais de estimação, há duas passagens muito interessantes na Bíblia:

Deuteronômio 22:6,7: Quando encontrares pelo caminho um ninho de ave numa árvore, ou no chão, com passarinhos, ou ovos, e a mãe posta sobre os passarinhos, ou sobre os ovos, não tomarás a mãe com os filhotes; Deixarás ir livremente a mãe, e os filhotes tomarás para ti; para que te vá bem e para que prolongues os teus dias.  Gestão Ambiental é algo que o próprio Criador estabeleceu; desde os primórdios, depredar o meio ambiente é crime aos olhos Daquele que tudo criou, punível com atribulações e a perda de longevidade (de fato, basta olhar para a natureza em nossos dias e veremos as terríveis consequências que descaso com o meio ambiente trouxeram para o homem). Observe que o propósito de tomar os passarinhos no ninho era, logicamente, o uso como animais de estimação, animais domésticos.

Infelizmente, o pecado na vida do homem tem alcançado níveis tão altos que obrigou aos legisladores criarem leis rígidas para a defesa do meio ambiente. Particularmente, a Lei 9605 de 12/02/1998 estipula no Capítulo V, dos Crimes contra a Fauna, que é crime "Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida" (Art. 29). Conforme o § 1º,  incorre nas mesmas penas "quem modifica, danifica ou destrói ninho, abrigo ou criadouro natural". A correspondência entre esta legislação, elaborada no ano de 1998, com a legislação de Deuteronômio é total! Sábio é o homem que baseia sua vida na Palavra de Deus! 

Provérbios 12:10: O justo tem consideração pela vida dos seus animais, mas as afeições dos ímpios são cruéis. O costume de ter animais domésticos é corroborado.  Aqui, novamente o Supremo Criador e Legislador do Universo prossegue com a Gestão Ambiental, nos revelando que uma das marcas de justiça na vida de uma pessoa é o cuidado com a vida dos seus animais (seus animais = animais domésticos).
 
F) CONFESSAR SEMPRE QUE PECAR: Procurar o ministério da igreja ou seu dirigente, expondo tudo que tenha feito contrário as leis de Deus ou da igreja, sejam por palavras, pensamentos, atos, obras, sentimentos...Sem ocultar qualquer fato ou ação.
 
Comentários: Obviamente, essa falsa doutrina provoca culpa, vergonha, medo, desgraça e hipocrisia naqueles que precisam participar dela. Nenhum cristão é chamado para policiar e dominar a vida espiritual dos seus irmãos (Gl 5.5; 2 Co 1.24; Rm 14; Jo 8.31). Quanto à confissão de pecados, baseando-se em Tiago 5:16, que diz "confessem os seus pecados uns aos outros", convém lembrar que este é um ato recíproco, nunca unilateral. Nessa igreja o discipulador ouve o discípulo confessar seus pecados, mas será que ele confessa os seus próprios ao discípulo? Ora, o "confessem os seus pecados uns aos outros" indica reciprocidade, ou seja, é toma-lá-dá-cá, do mesmo modo que encontramos na Bíblia:  
  • "Amai-vos uns aos outros" (João 13:34; 15:12, 17; Romanos 12:10; 1ª Tessalonicenses 4:9; 1ª Pedro 1:22; 1ª João 3:11, 23; 4:7, 12; 2ªJoão 1:5).
  • "Perdoai-vos uns aos outros" (Efésios 4:32; Colossenses 3:13)
  • "Suportai-vos uns aos outros" (Efésios 4:2; Colossenses 3:13)
  • "Aconselhai-vos uns aos outros" (Romanos 15:14; Colossenses 3:16)  
Além disso, encontramos na Bíblia que a confissão deve ser feita sobretudo a Deus, que, por meio de Jesus Cristo, nosso Advogado junto ao Pai, nos perdoará de nossos pecados (1ª João 1:7 a 2:2).

G) MULHERES: Em nosso caso são usados os chamados “roupões” (vestidos longos que não delineiam o corpo feminino) revelados pelo Espírito Santo de Deus e aprovado pelas santas do Senhor. Ficam de fora os tecidos brilhantes, os maleáveis demais, as cores muito extravagantes juntamente com o preto e o vermelho. Usamos combinação, peças intimas, shorts ou bermuda. Tudo como convém a santas, nos diferenciando dos costumes mundanos. Excluindo sempre e em tudo o preto, o vermelho e as imagens. Andamos assim em qualquer lugar, em qualquer hora ou ocasião.  
  • Os cabelos devem ser presos em coque, para não serem usados como instrumentos de vaidade ou atrativo sensual.
  • Não podem ser cortados ou aparados. São sinal de poderio e honra.
  • Não usar cosméticos e perfumes.
  • Não usar pendentes.
  • Não usar método anticoncepcional.
Comentários: Confesso que senti pena das mulheres que frequentam esta seita. Só faltou uma ordem: o uso do véu. Por ocasião da fabricação da arca da aliança e dos demais utensílios para o tabernáculo no deserto, muitas doações foram de espelhos e jóias das mulheres piedosas de Israel (Êx 38.8). Retirar os adornos era sinal de juízo de Deus (Is 3); ao contrário, vemos o próprio Deus adornar Jerusalém (Ez 16.8-13).  A Bíblia não apoia a proibição absoluta aos adornos femininos. Recomendo a leitura do artigo: "O Adorno da Mulher Cristã: Proibição ou Privilégio?" (http://www.caditaguai.com.br/novo/imagens/departamentos/oadorno.pdf
Produtos de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumes, são preparações constituídas por substâncias naturais ou sintéticas, de uso externo nas diversas partes do corpo humano, pele, sistema capilar, unhas, lábios, órgãos genitais externos, dentes e membranas mucosas da cavidade oral, com o objetivo exclusivo ou principal de limpá-los, perfumá-los, alterar sua aparência e ou corrigir odores corporais e ou protegê-los ou mantê-los em bom estado.  Assim, estão invariavelmente ligados à higiene e à conservação do corpo humano, que é templo do Espírito Santo.
Sobre os anticoncepcionais, a impressão é que o dito pastor parou no tempo. É possível refutar essa proibição inepta de diversas maneiras, de tão estulta que ela é. Deus (e não o diabo) deu ao homem o conhecimento tanto do corpo humano quanto das formas de tratá-lo, quando necessário. Deu também ao homem o conhecimento para planejar sua família; afinal, é um absurdo crer que Deus faz com que a família cresça indefinidamente, sem que existam condições para mantê-la. Não há sequer uma proibição na Bíblia (nem ao menos meio versículo) quanto ao planejamento familiar.
Do mesmo modo, afirmar que o único propósito do sexo é a procriação é dizer que Deus errou em dotar o homem e a mulher de zonas erógenas, como a glande e o clitóris. É melhor então fazer como algumas tribos da África: extirpar o clitóris das moças. Esquecem-se do que recomenda Salomão: "Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade. Como cerva amorosa, e gazela graciosa, os seus seios te saciem todo o tempo; e pelo seu amor sejas atraído perpetuamente." (Pv 5.18,19) Há uma função recreativa e prazerosa no sexo dentro do casamento! Glórias a Deus por isso!
A única coisa que recomendo é que cada irmã consulte a sua ginecologista antes de fazer uso de pílulas anticoncepcionais, pois estas são remédios e, independente de precisarem de receita médica ou não para serem adquiridos, só o médico sabe qual a melhor substância e dosagem para cada caso. Outra coisa: nem todos os métodos possuem a mesma eficiência. Converse com sua ginecologista.
 

CONCLUSÃO:

Será que os adeptos desta seita são plenos e felizes? Será que vivem de forma abundante? Não há como se calar diante dos absurdos doutrinários defendidos pela seita.

Alguns apresentarão números para justificar a inserção da ADUD no rol de Igrejas Evangélicas. Infelizmente, abrir mão da essência em detrimento da performance é a estratégia dominante no meio gospel moderno. "Quantas almas você ganhou?", "eles ganham muitas almas que ninguém ganhou", "críticos não fazem nada de útil a não ser criticarem", etc. Porém, a mesma ordem para evangelizar o mundo é acompanhada da ordem de fazer discípulos, ensinando-os a aguardar TODAS as coisas que foram ordenadas pelo Senhor. Será que estas sandices foram ordenadas pelo Senhor?!? E assim como fica a missão integral da Igreja? Fazer pela metade é fazer de forma correta? Por acaso adianta limpar a casa e deixá-la vazia, do ponto de vista espiritual?

Percorrer o mundo para fazer um prosélito e não ensinar-lhe toda a Palavra de Deus, mas do contrário ensinar-lhe hipocrisia, é fazer este prosélito filho do inferno duas vezes pior que o proselitista! (Mt 23.15)

Pense nisso. Deus está te dando visão de águia!

2 comentários:

  1. Cegos guiando a outros cegos,abismo os espera...esse é o povo que tem olhos mas não vê,tem ouvidos mas não ouve.Cristo veio nos libertar destas sandices.E olha que isto é fato consumado...sendo assim porque nos prender a tanta tolice?Bíblia neles!à igreja cabe tb ensinar e não deturpar .Já ouvi dizer que ovelha é tola,mas assim é demais...

    ResponderExcluir
  2. Pr. Ricardo, gostei que agora o senhor colocou o título das mensagens ao lado. Assim fica mais fácil de achar.
    Que Deus continue te dando tanta inspiração para escrever sobre diversos assuntos.
    Parabéns pelo blog.

    Abraço!
    Ir. Luciana

    ResponderExcluir

(1) Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se. Outra coisa: não publicarei nenhuma crítica dirigida a pessoas; analise a postagem e então emita seu parecer, refutando-a com a apresentação de referências, se assim for o caso (2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão nem termos de baixo calão! (3) Responderei as críticas na medida do possível e segundo o meu interesse pessoal (4) Não serão aceitos, em hipótese alguma: mensagens com links que dirigem e façam propaganda a sites católicos, espíritas, ateus, ortodoxos gregos, judaizantes, adeptos de teologia da prosperidade, religiões orientais, liberais, nem nenhum outro que negue Jesus Cristo como Senhor, Deus, único e suficiente Salvador. Estende-se essa proibição a mensagens que propaguem essas idéias/crenças e que queiram debater e provocar discussões.