Pesquisar Argumentações No "Ad Argumentandum Tantum"

domingo, 29 de agosto de 2010

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E A NOVA DATA DO FIM DO MUNDO: 2034

Amados, segue a matéria publicada pelo Pr. Airton Evangelista da Costa, reproduzida aqui por considerá-la importante para a sua fé.

Graça e Paz!
_________________________________________________________

A Torre de Vigia passou todos os limites de bom senso, senso crítico e discordância da Palavra de Deus. Soube com bastante atraso que os líderes desse grupo resolveram acabar com o mundo no ano de 2034, conforme revista A Sentinela, de 15.12.2003, página 15, parágrafos 6 e 7.

Como todos já sabem, a Torre marcou o fim de todos os sistemas mundiais, notadamente do Cristianismo e de todos os cristãos para os seguintes anos: 1914, 1918, 1920, 1925, 1975 e, agora, 2034. A cada profecia não cumprida, esses líderes assinam o próprio atestado de inidoneidade teológica. Isto é, estão despreparados para entender as Escrituras e para ensino.

O novo cálculo para chegar ao ano 2034 é dos mais prosaicos e até hilariantes. Vejam: 1914, somado a 120 de pregação antes do dilúvio (?) resulta no ano de 2034. A liderança do grupo continua com a obsessão por 1914, ano em que Jesus teria vindo de forma invisível. Onde foram buscar essa data? Chegaram a um ponto em que não podem voltar. O único remédio é continuar sustentando o insustentável.

Considero uma falta de respeito com os fiéis seguidores da Torre, já tão massacrados com previsões que nunca se cumprem e com proibições as mais estapafúrdias e antibíblicas.

Já sabemos o que dirão em 2035, quando a profecia não se cumprir. Dirão que seus seguidores compreenderam mal a cronologia bíblica; que não era uma realidade, mas uma possibilidade; que uma nova luz raiou no canal de Jeová; que as testemunhas não precisam ficar desiludidas; que continuem na Torre, a única detentora da verdade. Passados alguns anos, um novo cálculo, uma nova luz, uma nova mentira.
Cito apenas um versículo para desmascarar tais falsos mestres:

“Acerca daquele dia e daquela hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente o Pai” (Mt 24.36 – Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas).

Os falsos profetas não respeitam nem a versão bíblica por eles adotada. Não respeitam nada. Não aceitam de seus vassalos qualquer questionamento. Pairam acima de qualquer suspeita. Ameaçam com exclusão os que duvidarem, e continuam dando sustentação a mentira de que são o canal entre Jeová e oshomens. Jesus tem uma palavra para eles:

“Vós tendes por pai o diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque ele é mentiroso e pai da mentira” (Mt 8.44).

Autor: Pr. Airton Evangelista da Costa, Ministério Palavra da Verdade

http://padom.com.br/testemunhas-de-jeova-marcam-nova-data-para-o-fim-do-mundo-2034

6 comentários:

  1. De início, quero deixar claro que não sou a favor da teologia jeovista. Ao contrário, fui TJ por dezesseis anos e renunciei depois de aprender a verdade de Cristo. Hoje congrego na Igreja Batista Ebenézer, em João Pessoa – PB, e sinto-me extremamente feliz em ter aceitado a Cristo como meu Senhor.

    Contudo, na qualidade de Linguista, revisor de textos e professor de Português, além de ser uma pessoa de bom senso, creio que esta notícia não procede, pois o autor cometeu um erro muito característico das próprias Testemunhas: analisar um texto fora de seu contexto geral.

    Se lermos com atenção, notaremos que em nenhum lugar os líderes dizem explicitamente que estão datando o fim do mundo. O artigo, quando lido em sua inteireza, demonstra que os leitores deveriam manter aceso “o espírito de vigilância”. Mas, principalmente, o texto bíblico base do artigo, que aparece logo abaixo do título, é MATEUS 24:42: “Portanto, mantende-vos vigilantes, porque não sabeis em que dia virá o vosso Senhor”. Ou seja, nesse artigo, não era intenção do Corpo Governante estabelecer mais uma data profética falsa, como tanto fez em sua história.

    Além disso, este artigo apenas se propõe a estabelecer um paralelo entre os dias de Noé e o que para as TJ’s seriam “os Últimos Dias”, conforme as palavras do Senhor em Mateus 24. O uso dos 120 anos decorrentes entre a palavra de Deus ao profeta e o dilúvio foi caracterizado apenas como exemplo de que “assim como foi nos dias de Noé” assim também seria pouco o tempo até o fim do mundo. Ao afirmar que “já se haviam passado 90 anos” desde o início dos Últimos Dias (como querem que seja em 1914... erro crasso!!!), eles também estão querendo dizer, de certa forma: “abram o olho... Noé sabia, mas nós, hoje em dia não temos ideia. E se for menos do que 120 anos? Deus não disse quanto tempo resta, então, se cuidem...!”

    Na mesma A Sentinela, no artigo que segue a este comentado aqui, há outro, também um de estudo, ou seja, a ser considerado nas congregações em todo o mundo, em que se lê o tema: “Mostre-se pronto para o dia de Jeová”. O texto base é MATEUS 24:44: “Mostrai-vos prontos, porque o Filho do homem vem numa hora em que não pensais”.

    Mas claro do que isto?

    ResponderExcluir
  2. Pois bem, acho sua iniciativa meritória, de estar de olhos abertos e alertar os cristãos em relação às seitas que difamam o nome santo de nosso Senhor e Salvador, Cristo Jesus. Contudo, meu irmão, rogo que tome cuidado ao divulgar as informações sem antes se precaver para evitar repetir as mesmas táticas e métodos desses religiosos, a saber, recorrer a leitura parcial e descontextualizada para apontar os pontos divergentes com suas ideias.

    Além disso, é característico na história das TJ’s que, quando estabelecem uma data para o suposto Armagedom, essa data seja ostensivamente estampada, ainda que de forma discreta, em suas publicações. Pois bem, depois da edição daquela revista, em nenhum outro momento percebi qualquer menção que fosse à data ou mesmo alusão mínima aos 120 anos dos dias de Noé, relacionando-os com algum fim do sistema de coisas. Se o Corpo Governante estivesse empenhado, desta vez, a sugerir alguma data, com certeza começaria de forma bem sutil e cuidadosa a mencioná-la, principalmente na Sentinela.

    Mas quem sabe no futuro?

    Que as testemunhas de Jeová estão enganando a si mesmas e se distanciando da salvação isso é fato. Que durante sua história dataram várias vezes a vinda de Cristo e o fim do Sistema de Coisas também é amplamente divulgado. Que 1914 é uma data sem fundamento, também é fato. Não é necessário buscar novas teorias e confirmações contra elas, pois a extrema abundância de erros e heresias que elas já possuem testificam que são falsos profetas, bem distantes da cruz.

    Um grande abraço e SHALOM!

    Cleber Tourinho

    ctsantana@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Apesar de não haver lido a tal matéria em questão,é fato que os TJS vivem marcando a "data",assim como outras seitas.E isto já é mais que suficiente para qualquer um se afastar de tais grupos,visto que são hereges.Todo aquele que cai nessa arapuca sofre muito para dela sair,isso também é notório.Precisamos,sim,nos colocar de sentinela quanto a tantas bobagens,e nos posicionarmos em vigília na torrpara que a Sua volta não nos ache dormindo ou fazendo cálculos.Ele virá.Quando ninguém sabe.

    ResponderExcluir
  4. Embora eu fosse TJ por 30 anos, não foi isso que entendi sobre a matéria da A Sentinela, se vc perguntar para qualquer TJ ela não sabe de nada a respeito de 2034, essa argumentação somente procede daqueles que querem colocar a palavra na boca delas, mas de uma coisa é certa, o senso de urgencia que elas pregam faz com que os seus adptos vejam a proximidade do fim como muito iminente. Embora tenham falhado nas datas de 1914, 1925 e 1975, hoje são mais cautelosas com respeito a divulgar datas, mas é lógico que o alarmismo persiste. Mas não procede essa argumentação de que pregam uma nova data como sendo 2034, quando muito despertam a conjectura.

    ResponderExcluir
  5. Primeiramente, obrigado a todos por lerem a matéria e comentarem. Minhas orações são para que Deus os abençoe e ilumine, guiando-os na Verdade!

    Para aqueles que conhecem inglês, sugiro adicionalmente a leitura das informações contidas no site: http://www.jwfiles.com/wt_false_predictions/2034.htm. Ali, há cópias escaneadas da página da revista "A Sentinela", citada na matéria acima.

    Graça e Paz!

    ResponderExcluir
  6. eu não sou tj mas acho triste como chamam eles de hereges tenho vizinhos que são e saõ pessoas respeitosas e descentes vamos orar para que eles abram os olhos tem um senhor que tem 90 anos e isso é triste ore por eles.

    ResponderExcluir

(1) Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se. Outra coisa: não publicarei nenhuma crítica dirigida a pessoas; analise a postagem e então emita seu parecer, refutando-a com a apresentação de referências, se assim for o caso (2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão nem termos de baixo calão! (3) Responderei as críticas na medida do possível e segundo o meu interesse pessoal (4) Não serão aceitos, em hipótese alguma: mensagens com links que dirigem e façam propaganda a sites católicos, espíritas, ateus, ortodoxos gregos, judaizantes, adeptos de teologia da prosperidade, religiões orientais, liberais, nem nenhum outro que negue Jesus Cristo como Senhor, Deus, único e suficiente Salvador. Estende-se essa proibição a mensagens que propaguem essas idéias/crenças e que queiram debater e provocar discussões.